Perguntas Frequentes

Estas são algumas das questões mais frequentes, mas se tiveres alguma dúvida que não encontres resposta aqui, por favor contacta-nos através de escola@ace-tb.com, ou telefona-nos:
Call Center ACE
Porto – 917 939 020
Famalicão – 914 673 235
Secretarias
Porto – 222 089 007
Famalicão – 252 028 515

Que tipo de escola é a ACE?

A ACE é uma escola profissional de artes do espectáculo, tutelada pelo Ministério da Educação e financiada pelo POCH, que promove formação de nível IV equivalente ao 12º ano.

Onde está sediada a ACE?

A ACE tem a sua sede no centro do Porto, entre Avenida dos Aliados e o Mercado do Bolhão e possui um Polo em Vila Nova de Famalicão – ACE Famalicão, mesmo no centro da cidade, junto à Central de Transportes e entrada principal do Parque da Cidade. Ver localização das duas escolas aqui: ACE Porto e ACE Famalicão

Quais são os requisitos para me candidatar à ACE?

A ACE leciona cursos profissionais, por isso os principais requisitos são possuir o 9º ano de escolaridade, gostar muito de artes do espetáculo e ter vontade de saber mais. Mas podes ver todos os requisitos para seres um/a aluno/a da ACE AQUI

Como me candidato aos cursos da ACE?

Para te candidatares a qualquer curso da ACE,  podes preencher o boletim de pré-inscrição AQUI, ou dirigires-te às secretarias da ACE Porto ou ACE Famalicão e fazer a pré-inscrição presencialmente.

Tenho de realizar provas para ingressar nos cursos?

No acesso a qualquer curso da ACE tens que realizar provas de ingresso com o objetivo de te ficarmos a conhecer melhor.

Nenhuma prova é eliminatória, deves prepará-las, mas não deves ter receio de as fazer.

Há vários tipos de provas conforme o curso a que te candidatas e distribuem-se por:

  • provas de cariz mais teórico, para aferir as motivações, os interesses, os conhecimentos e as expressões oral e escrita dos/as candidatos/as;
  • provas práticas, individuais e/ou coletivas, destinadas a aferir competências específicas dos/as candidatos/as nas áreas dos diferentes cursos e a promover, paralelamente, a desinibição do candidato/a e a sua integração no grupo;
  • entrevista destinada a aferir as motivações, os interesses e perfil dos/as candidatos/as.

Não é exigido nenhum pré-requisito para qualquer curso. Mesmo sem qualquer experiência nas diversas áreas de formação podes candidatar-te. Não precisas de saber dança, teatro, ou circo, por exemplo, para te candidatares a esses cursos.

Datas das provas de seleção
21 a 25 de junho – 1ª Fase Porto (24 é feriado no Porto)

28 de junho a 2 de Julho – 1ª Fase Famalicão

5 a 9 de julho – 2ª Fase Porto

12 a 16 de julho – 2ª fase Famalicão

Para saberes mais sobre as provas para cada curso, consulta o Regulamento das Provas de Ingresso para este ano letivo, que estará disponível em breve no nosso site.

Se tiver alguma dúvida sobre o processo de candidatura e/ou provas, tenho apoio da ACE?

Para esclareceres as tuas dúvidas ou para falares com os Diretores e Diretoras dos cursos, contacta-nos através do nosso call center:
Porto – 917 939 020
Famalicão – 914 673 235

ou através das secretarias:
Porto – 222 089 007
Famalicão – 252 028 515

Posso visitar a escola?

Para marcares uma visita à ACE Porto ou ACE Famalicão, contacta-nos através do nosso call center:
Porto – 917 939 020
Famalicão – 914 673 235

ou através das secretarias:
Porto – 222 089 007
Famalicão – 252 028 515

Se estiver indeciso quanto ao curso que devo escolher, o que posso fazer?

É importante perceberes qual é o curso que te faz estar interessado em conhecer e querer saber mais. Procura mais informação sobre os diferentes cursos, conhecer bem as suas caraterísticas, disciplinas e saídas profissionais. Vê todos os cursos e não só aquele que estás à procura. Quanto mais conheceres, mais bem informado/a estás para refletires e decidires. Fala com a tua família, fala com os/as nossos/as Diretores/as de Curso, com alunos/as que já estejam a frequentar a escola, pesquisa testemunhos de antigos/as alunos/as, segue-nos nas redes sociais e se quiseres falar com alguém em relação à tua escolha, procura o nosso Serviço de Psicologia.

Se eu ingressar num curso profissional de Artes do Espetáculo que disciplinas vou ter?

Os cursos profissionais organizam as suas disciplinas do seguinte modo:

Disciplinas Formação Sociocultural – comuns a todos os cursos: Português; Língua Estrangeira – Inglês; Área de Integração; TIC – Tecnologia da Informação e Computadores; Educação Física.

Disciplinas de Formação Científica – duas ou três disciplinas que proporcionam uma formação científica de acordo com o curso que estás a frequentar;

Disciplinas de Formação Tecnológica – disciplinas de cariz prático que visam a aquisição e desenvolvimento de um conjunto de competências técnicas necessárias ao exercício profissional;

Formação em Contexto de Trabalho (FCT) – que é a realização, ao longo dos anos de formação, de projetos e espetáculos, num processo em tudo idêntico à realidade profissional que visa uma progressiva preparação e aquisição de competências para ingresso no mercado de trabalho.

Estes cursos culminam com uma apresentação e defesa, perante um júri, de um projeto, designado por Prova de Aptidão Profissional (PAP), na qual são demonstradas as competências e os conhecimentos que desenvolveram ao longo da formação.

Podes consultar a matriz curricular de cada curso aqui:

Matriz Curricular do Curso de Cenografia Figurinos e Adereços

Matriz Curricular do Curso de Dança Contemporânea

Matriz Curricular do Curso de Interpretação

Matriz Curricular do Curso de Interpretação e Animação Circenses

Matriz Curricular de Luz, Som e Efeitos Cénicos

O que é uma FCT?

FCT é a sigla de Formação em Contexto de Trabalho que no nosso caso é a criação e produção de um espetáculo. Podes ficar a saber tudo sobre as FCT AQUI

Como funciona a avaliação de um curso profissional?

As disciplinas de cada curso encontram-se organizadas por módulos de formação. A progressão no curso é feita através da conclusão de módulos que são distribuídos pelos três anos de formação. Para se concluir o curso, os/as alunos/as têm que concluir todos os módulos, a FCT e a PAP.

Os cursos profissionais da ACE preparam os alunos e as alunas para o ensino superior?

Os cursos profissionais são cursos de dupla certificação. Ou seja, preparam para o ingresso no mundo do trabalho e para o ingresso no ensino superior. Todos os anos uma percentagem significativa (mais de 50%) dos nossos/as alunos/as ingressam no ensino superior em Portugal e no estrangeiro. Os/As alunos/as formados/as na ACE ficam preparados/as para continuarem os seus estudos no ensino superior nas áreas de formação – teatro, cinema, dança, artes do espetáculo, nas áreas técnicas e plásticas – ou em outras áreas de formação: vários ex-alunos e várias ex-alunas da ACE são hoje psicólogos, professores, advogadas, sociólogas, jornalistas, enfermeiros, etc…

Qual a relação que a ACE tem com o mercado de trabalho?

A ACE mantém uma relação muito próxima com o mercado de trabalho. Por um lado, os seus professores das componentes práticas e científicas são profissionais das artes do espetáculo. São atores e atrizes, encenadores ou encenadoras, coreógrafos e coreógrafas, cenógrafos e cenógrafas, figurinistas, desenhadores ou desenhadoras de luz ou de som e produtores ou produtoras, que se encontram no ativo e que possuem também projetos profissionais próprios. Ao longo do curso, nas FCT´s e na PAP os/as jovens têm experiências de formação muito próximas da realidade profissional. Articulam, como nos projetos profissionais, as diferentes áreas de trabalho para a realização das produções e apresentam as suas criações ao público em geral. Por outro lado, a escola trabalha em sinergia com o Teatro do Bolhão, o que permite aos/às alunos/as a participação em vários projetos e iniciativas da companhia ainda durante os três anos de curso.

Quais são as saídas profissionais?

As saídas profissionais são diversas e ao longo do percurso de formação deves ir trabalhando no sentido da construção do teu percurso em termos profissionais. Tal como em todas as outras áreas profissionais a tua atitude após o curso é determinante na construção desse percurso.
Especificando para cada curso:

Cenografia, Figurinos e Adereços: só há dois cursos a nível nacional, de modo que há sempre procura de bons profissionais a esse nível. Podem trabalhar em imensas áreas e são profissionais extremamente polivalentes, pois lidam com todo o tipo de materiais e conseguem criar ambientes especiais: alguns, além das áreas artísticas, trabalham em decoração de espaços e vitrinismo; outros enveredam para as áreas da moda, da criação de roupa, outros ainda desenvolvem projetos artísticos nas artes plásticas.

Circo:
a abordagem do novo circo permite que as saídas profissionais dos/das artistas de circo sejam muito mais abrangentes do que antigamente. Atualmente há imensos festivais de circo espalhados pelo país, apresentados em espaços culturais de reconhecida qualidade. As autarquias e o setor cultural estão a abrir portas a este tipo de projetos, pois chegam facilmente a todo o tipo de população e causam imenso impacto. Como trabalham em especialidades próprias, os/as artistas de circo criam muitas vezes projetos que viajam por todo o mundo. Atualmente estes/estas profissionais são também muito procurados/as para integrarem projetos de cariz social e educativo, participando também como agentes de desenvolvimento em projetos sociais. O nosso curso é único na região norte e só existem dois no país.

Dança: sendo uma formação mais conhecida e de que existem muitos cursos em Portugal, a sua saída é muito diversificada. Os/As alunos/as ficam prontos a realizar projetos artísticos em diferentes áreas: dança, televisão, teatro musical, performance, etc. Podem desenvolver projetos próprios e, juntando-se a outros/outras profissionais, criar projetos profissionais de grupos ou companhias; atualmente estes/estas profissionais são também muito procurados/as para integrarem projetos de cariz social e educativo, participando também como agentes de desenvolvimento em projetos sociais. Podem ainda trabalhar com pessoas de todas as idades e condições no sentido da criação de oficinas de formação e grupos artísticos de associações e autarquias. Podem ainda ser professores/professoras de dança no Ensino Integrado de Dança.

Interpretação Ator/Atriz: As saídas profissionais são imensas: teatro, cinema, TV, teatro musical, teatro de rua, performance, dobragem, etc. Podem desenvolver projetos próprios e, juntando-se a outros/outras profissionais, criar projetos profissionais de grupos ou companhias; atualmente estes/estas profissionais são também muito procurados/as para integrarem projetos de cariz social e educativo, participando também como agentes de desenvolvimento em projetos sociais. Podem ainda trabalhar com pessoas de todas as idades e condições no sentido da criação de oficinas de formação e grupos artísticos de associações e autarquias.

Luz, Som e Efeitos Cénicos: há muita procura de técnicos/técnicas a esse nível. Podem trabalhar em todas as áreas do espetáculo e todo o tipo de eventos que impliquem a componente técnica da luz, som e efeitos. Por exemplo: teatro, dança, circo, ópera, televisão, cinema, festivais, eventos diversos. Podem especializar-se em algumas áreas, nomeadamente nas áreas do Técnico/Técnica de Som, Técnico/Técnica de Luz, do Desenho de Luz, da Sonoplastia e dos Efeitos Especiais.

Quem são os professores/professoras?

Nas páginas dedicadas aos cursos, podes ficar a saber quem são os  professores e professoras clicando no link CORPO DOCENTE.

A que apoios tenho direito como aluno/a da ACE?

O/A aluno/a da ACE tem direito a:

Subsídio de Alimentação

É atribuído por cada dia de frequência aulas por um período igual ou superior a três horas, um subsídio de alimentação. As faltas injustificadas dão lugar ao desconto no subsídio de refeição do dia da falta, independentemente do número de horas.

Subsídio de Transporte

Os/as alunos/as têm direito a um subsídio de transporte, durante a frequência das aulas e a realização da FCT, correspondente ao valor do transporte coletivo. O seu pagamento é mensal, mediante a apresentação do respetivo comprovativo de compra. No caso de não ser possível a utilização de transporte coletivo, o/a aluno/a tem direito a um subsídio de transporte até ao limite máximo de 15% do indexante dos apoios sociais e desde que o não aufira subsídio de alojamento.

Bolsa de material de estudo

Os/as alunos/as beneficiarão de uma bolsa de material de estudo, em função do grau de carência económica, a qual é aferida pelo escalão do abono de família.

Subsídio de Alojamento

A atribuição do subsídio de alojamento depende da autorização específica do POCH. Este subsídio pode ser requerido pelos/as alunos/as que residam a mais de 50Km da Escola ou que não tenham transporte coletivo compatível com o horário escolar. O valor do subsídio de alojamento é estipulado por lei.

Como é o horário semanal?

Os horários das turmas desenrolam-se entre as 9:00 e às 18:00 na ACE do Porto e entre as 8:50 e as 18:00 na ACE Famalicão, havendo geralmente uma tarde ou manhã livre por semana. Por vezes, em situações de projetos os horários são alterados podendo ocupar períodos de fim de tarde e noite e mesmo fim de semana. Dada a especificidade da formação, pode acontecer que os horários tenham que ser submetidos todas as semanas a ajustes.