projeto coreográfico 23/24

 

 

 

 

Tendo como base um trabalho de coreografia, neste projeto as alunas e os alunos confrontam-se com as possibilidades de desenvolvimento de um espetáculo cuja dramaturgia vai sendo construída à medida que decorre o processo e para o qual contribuem, dependendo da sua área específica de formação, construindo caminhos de abordagem ao tema e à materialização das suas ideias.

Partindo do estudo de obras que podem ser de pintura, fotografia, cinema ou de textos não dramáticos, na construção deste exercício coreográfico as alunas e os alunos tomam consciência das características de uma criação de dança ampliando assim a sua experiência e oportunidades no seu futuro profissional.

No projeto coreográfico de 2024 de uma escola artística que muito deve à liberdade criada pela revolução dos cravos, impôs-se a urgência de trabalhar com as nossas alunas e os nossos alunos os 50 anos do 25 de Abril de 74.

O processo de construção dramatúrgica contemplou várias facetas de uma pesquisa possível: como era Portugal antes da revolução; como é que a revolução foi vivida; o que é que hoje temos a aprender com esse olhar da memória; e como podemos perspetivar a liberdade no nosso futuro. Assim, a base deste projeto alicerça-se na recolha por parte das alunas e dos alunos de materiais de distinta natureza, desde conversas com familiares que viveram diretamente o antes, o durante e o pós 25 de Abril, até documentos sobre este período histórico.

O Projeto Coreográfico tem orientação de Mário Bessa (Luz), Lola Sousa (Figurinos e Adereços), Pedro Azevedo (Cenografia), Rui Lima e Francisco Silva (Som) e direção de Joana Providência.