Boudoir – 7 Diálogos Libertinos

Alguns autores ao longo dos séculos tentaram encontrar respostas sobre a sua própria existência e sobre a sociedade em que viveram através da exponenciação das suas próprias experiências e fantasias sexuais. Sade fez isso e muito mais. Já no séc. XVIII foi um revolucionário nas suas intenções: pôs em causa os bons costumes da aristocracia francesa e a moralidade católica no seio de uma velha monarquia que, para ele, se esgotava. No seu programa literário e filosófico, Sade propõe uma nova ordem mundial indo ao limite da libertinagem, tentando furar os tabus mais secretos. Contudo, não é por isso que não deixamos de contactar com a mais bela literatura e poesia em sintonia com uma verdadeira vontade de provocar a excitação física e intelectual no leitor. É este o ponto de partida para a dramatização de um espetáculo que pretende, acima de tudo, celebrar a liberdade do corpo e do pensamento na sociedade contemporânea.

 

Direção MARTIM PEDROSO
Interpretação FLÁVIA GUSMÃO, JOÃO GASPAR, JOÃO TELMO, MARIA JOÃO ABREU, MARGARIDA BAKKER, MARTIM PEDROSO, PEDRO MONTEIRO e SOFIA SOARES RIBEIRO
Movimento e Coreografia MARLYN ORTIZ
Figurinos JOÃO TELMO E DAVID FERREIRA
Cenografia RUEFFA
Música CARLOS MORGADO
Vídeo EDGAR ALBERTO
Direção Técnica e Desenho de Luz PAULO SANTOS
Fotografia ALÍPIO PADILHA
Produção Executiva MARIA TSUKAMOTO
Assistência de Produção INÊS SOBRAL
Produção NOVA COMPANHIA
Coprodução TEATRO MUNICIPAL DO PORTO, TEATRO TRINDADE E INATEL
Apoios ANTIQUOESTE, MALETA VERMELHA, L’ATELIER

Projeto financiado pela Dgartes.

M/18

Duração aproximada: 120′

Horário previsto :
Sexta / Sábado – 21:30
Domingo – 16:00

 

Informações e reservas: bilheteira@ace-tb.com ou 222 089 007