A Fada Oriana

Texto emblemático da literatura infanto-juvenil portuguesa, a Fada Oriana é uma viagem iniciática que se desenrola em torno da construção do ser e dos valores fundamentais do indivíduo, enquadrada por um ambiente mágico que valoriza a dimensão ecológica. Referência fundamental da escrita contemporânea, Sofia de Mello Breyner é o ponto de partida para um espectáculo dirigido pela encenadora/coreógrafa Joana Providência. Com uma forte componente visual, o espectáculo articula o trabalho predominantemente físico dos intérpretes com um conjunto de recursos teatrais diversificados que incluem a manipulação de marionetas, o vídeo e o trabalho com sombras.

 

 

Encenação JOANA PROVIDÊNCIA

Dramaturgia VÂNIA COSME e PEDRO APARÍCIO

Interpretação ANABELA SOUSA, CÁTIA BARGE, CLARA RIBEIRO, FILIPA ALEXANDRE, INÊS LUA e SANDRA SALOMÉ

Direção Plástica e Desenho de Marionetas SUSETE REBELO

Desenho de Luz e Som JOSÉ NUNO LIMA

Figurinos ANA TERESA CASTELO

Construção de marionetas CLARA RIBEIRO, FILIPA ALEXANDRE e ENVIDE NEFELIBATA

Execução de Cenografia CARLOS LIMA e JOÃO QUINTAS

Apoio Cenografia e Marionetas CRISTÓVÃO NETO

Montagem Vídeo PAULO VEIGA

Execução de Figurinos BRANCA ELÍSIO e FILIPA ALEXANDRE

Apoio à Elocução JOÃO PAULO COSTA

Produção GLÓRIA CHEIO 

Design Gráfico BERNARDO PROVIDÊNCIA

Informações

Maiores de 4

Duração Aproximada: 50′

 

de 6 a 11 de março e de 20 a 27 de abril de 2004, no Auditório da ACE, na Praça Coronel Pacheco, n 1, no FIMP

de 14 a 16 de março de 2004, no Teatro Municipal de Bragança

de 21 a 28 de março de 2004, no Centro Cultural de Belém, em Lisboa
de 13 a 22 de novembro e de 10 a 20 de nezembro de 2009, no Auditório da ACE, na Praça Coronel Pacheco, n 1

9 e 10 de dezembro de 2004, no Teatro Aveirense

3 e 4 de dezembro de 2009, na Casa das Artes de Famalicão