Pioravante Marche

Coprodução ACE TEATRO DO BOLHÃO E TNSJ

Construído a partir do texto homónimo de Samuel Beckett, Pioravante Marche utiliza-o simultaneamente como ponto de partida e de chegada, investindo na articulação entre palavra e movimento. E se Beckett explorou uma nova forma de relação entre personagem, espaço, tempo e linguagem, Joana Providência constrói um espectáculo
cuja forte componente física e coreográfica obriga a entender literalmente o propósito de “dar corpo ao texto”.

 

 

Direção e espaço cénico JOANA PROVIDÊNCIA

Intérpretes ANABELA SOUSA, ANTÓNIO JÚLIO, ODETE MÔSSO, PEDRO FIÚZA e SANDRA SALOMÉ

Figurinos ANA TERESA CASTELO

Adereços PAULO OLIVEIRA E FREDERICO GODINHO

Desenho de Luz JOSÉ CARLOS GOMES

Sonoplastia LUÍS ALY

Vídeo JOSÉ CARLOS GOMES E PAULO VEIGA

Voz TERESA LIMA

Direção de Produção PEDRO APARÍCIO E GLÓRIA CHEIO

 

Informações

de 13 a 21 de dezembro de 2003, no Teatro Carlos Alberto

Fotografias de Hugo Calçada