Laboratório de Criação com André Braga

LABORATÓRIOS DE CRIAÇÃO

Nesta iniciativa do Serviço Educativo convidámos diferentes criadores das áreas da dança e do teatro – reconhecendo, é claro, a especificidade e o mérito do trabalho que têm desenvolvido – e a proposta foi a de criarem um laboratório onde abordassem, essencialmente a partir de uma perspetiva prática, as suas metodologias, formas e processos de criação. O objetivo que nos move nesta iniciativa é sobretudo o de proporcionar aos alunos e profissionais do teatro e da dança, o contacto com diferentes criadores, e assim lhes possibilitar a descoberta de múltiplos caminhos, da complexidade que estes transportam, para que melhor possam desenvolver as suas próprias linhas de ação perante o desafio da criação de uma identidade artística.

 

Laboratório de Criação com André Braga
18,19 e 20 de dezembro
das 14:30 às 17:30

Inscrições até  14 de dezembro através de sereducativo@ace-tb.com

 

Para estudantes e profissionais das áreas do teatro e da dança.

 

Pretendo olhar para cada momento de trabalho nas artes performativas como um momento de experimentação e descoberta. Quero realizar um trabalho de movimento que proporcione o prazer da descoberta da nossa dança. Desperte os ossos, a pele, os músculos, os líquidos, os órgãos e os sentidos. Depois centrar-nos nas diferentes camadas presentes no palco, a pessoa, a sua interioridade, as suas memórias cognitivas, sensoriais e afetivas, o inconsciente e o consciente, e as variáveis simples com que podemos atuar, a relação com o espaço, o tempo, e o peso. Questionar a nossa relação com o outro e com o grupo, a generosidade e a escuta. Procurar o nosso imaginário e a nossa emotividade. A presença. Encontrar a nossa voz, a palavra ou o texto como uma melodia, como mais uma camada da dramaturgia, a beleza da palavra solta e ou de um texto como um pensamento, que chega claramente a quem o diz e quem o ouve. Trabalhar quase sempre em improvisação, partindo do simples para o complexo e denso, construindo objetos e estares artísticos com múltiplos sentidos de interpretação.

André Braga

André Braga (1973, Porto)

Encenador, coreógrafo, cenógrafo, intérprete.

Depois de frequentar a Licenciatura em Desporto e Educação Física da Universidade do Porto e a École Nationale du Cirque Annie Fratellini em Paris, dedica-se desde 1996 até hoje uma pesquisa e formação pessoal em Dança e Teatro cruzando-se com múltiplos criadores em Portugal e na Europa, entre eles os que mais influenciaram o seu trabalho são: Iñaki Azpillaga / Wim Vanderkeybus, Josef Nadj, Thierry Bae, Peter Gemza, Trisha Brown, Karine Ponties, Madalena Victorino, Cecile Loyer, Sabine Seume, Bruno Dizien, Loic Touze, Anna Halprin, Yaniv Avraham/ Ohad Naharin.

Cria em 1999 a Circolando, estrutura de criação transdisciplinar, onde assume em parceria com Cláudia Figueiredo a Direção Artística.

É aqui que Dirige e Co-realiza Plasticamente a quase totalidade das suas criações, participando em muitas delas também como intérprete. O seu trabalho foi apresentado em Portugal e em diferentes países da Europa, Ásia e América do Sul.

Mais recentemente, recomeça a orientar regularmente Ateliers de Movimento e Criação Transdisciplinar em Portugal e fora do país.

Informações

Números mínimo e máximo de participantes (respetivamente): 12/16

Preço – Público geral: 40€ (Seguro incluído)

Preço – Alunos e ex-alunos ACE: 35€ (Seguro incluído)