Manuel Nabais e Tiago Jácome | Jácome e Nabais convidam

MANUEL NABAIS E TIAGO JÁCOME

curso de 2013

 

JácomeNabaisManuel Nabais nasceu em Massarelos, no Porto, e vive, desde então, em Leça da Palmeira. Na infância, ganhou um gosto e uma curiosidade pela música, pelo cinema, pelo desenho e pela pintura. Desde muito cedo praticou desporto e estudou música. Nos inícios da adolescência, criou especial interesse pelo futebol e jogou futsal e futebol de 11 durante muito tempo. Chegado ao 10º ano do secundário, escolheu o curso de artes para poder estudar desenho e vir, um dia, a criar uma banda desenhada, mas não aconteceu. O curso não o cativava.  Durante esse mesmo ano, começou a ir com o pai ao teatro. Aquilo pareceu-lhe diferente. Entretanto, o próprio pai, um certo dia, mostrara-lhe um site de uma escola de teatro, chamada ACE Escola de Artes. Desistiu do curso e inscreveu-se nas provas. Entrou na primeira fase e quis, imediatamente, vir a ser um ator. Agora, é ator profissional, tendo já trabalhado com António Júlio, Maria do Céu Ribeiro, Joana Providência, João Paulo Costa, António Capelo, Margarida Gonçalves, Gonçalo Amorim, Kuniaki Ida e com muitos outros da sua geração. Está inserido num grupo chamado Precipício Teatro.

Tiago Jácome nasceu a 23 de Junho de 1993, natural de Viana do Castelo, e concluiu o curso de Interpretação na ACE Escola de Artes. A nível profissional, trabalhou como ator de teatro com companhias como Teatro Experimental do Porto e Teatro do Bolhão (António Júlio), Teatro da Garagem (Carlos J. Pessoa), Viv’Arte, Numa Norma e Centro Dramático de Viana (Fernando Gomes), Estrutura (José Nunes, Cátia Pinheiro e Pedro Zegre Penim). Trabalhou como ator e fez composição e direção musical em If (enc. Gonçalo Amorim), Baal e Almas Mortas (enc. António Júlio). No cinema trabalhou com Pedro Neves, Nuno Beira, José Pedro Lopes e Pedro Santasmarinas.

 

 

JÁCOME E NABAIS CONVIDAM…

MÚSICA

23 de abril, no Palco Exterior, às 22:00

Tiago e Manel. Aquele é Jácome e este é Nabais. Cantam (quase sempre) em língua portuguesa, músicas muito pouco na moda, que lhes lembram os corredores e jardins do edifício nº1 da Praça Coronel Pacheco. Nesta noite convidam outros iguais a eles, a partilhar canções que povoaram a história da Academia ou do Teatro do Bolhão numa reunião portuguesa, demodê e revivalista para uma ideia de não-concerto que pertença aos convidados e que conte algumas estórias.

 

Manuel Nabais, Tiago Jácome e convidados

Informações e Reservas

Entrada livre mediante lotação disponível

 

Informações e reservas: bilheteira@ace-tb.com ou 222 089 007