Tiago Bôto e Wagner Borges | Toyboat 2.0

TIAGO BÔTO E WAGNER BORGES

tiago e wagner

2014 […]

Percursos distintos, até então.

Demos início ao nosso trabalho com o espetáculo da Inutilidade a partir de Heiner Müller, inserido no Festival Internacional de Teatro de Setúbal, o qual foi vencedor da Categoria “Mais Festa”. Apresentámo-lo em Lisboa, no Teatro da Trindade e no Teatro Taborda, como participante do Ciclo Try Better, Fail Better’15, promovido pelo Teatro da Garagem.

Seguiu-se NÃO_CORPO, a partir de René Crevel (Fórum Municipal Luisa Todi – Setúbal), e TOYBOAT inserido no Festival Quatro Quartos | Mostra de Teatro de curta duração, promovido pela Escola de Mulheres | Teatro Oficina e Delphos | Núcleo de Intervenção Cultural.

DEPOIS DE, cair a partir de Amos Oz, apresentado no Teatro Taborda, num acolhimento do Teatro da Garagem, foi a nossa quarta produção. TOYBOAT 2.0 é a nova versão do trabalho homólogo.

 

TOYBOAT  2.0

Teatro | ESTREIA

20 e 21 de maio, no Salão Nobre

Sexta, às 23:00; sábado, às 19:00

 

 

Há um sonho partilhado por dois homens, dois anti-heróis, que procuram esquecer a memória.

Há uma preocupação puritana.

E uma mulher. E o medo. A fuga ou a vontade de ficar.

Sabe-se que mesmo antes da queda, já se encontrou rendição.

Um jogo difícil. Ninguém possui regras. Só consequências.

Eles recriam um universo próprio, um ambiente de mistério, uma armadilha onde nada é e tudo existe.

Melhor reinar no Inferno do que obedecer no Céu.

O espetáculo TOYBOAT surge, numa primeira versão, inserido na sequência do concurso QUATRO QUATROS – Mostra de Teatro de Curta Duração, 2015 promovido pela Escola de Mulheres em parceria com a Delfos – Núcleo de Intervenção Cultural, com o mote de escrita de um texto a partir de uma cenografia pré-existente, com a duração máxima de 15 minutos.

Sentimos desde sempre a vontade de re-trabalhar este bloco de 15 minutos, primeiramente criado num contexto de um mote muito específico, dando-nos assim a possibilidade de abertura a novas linhas dramatúrgicas para a construção de um espetáculo de longa duração. A participação na VAGA, é assim, para nós, a oportunidade necessária para a concretização dessa vontade. Eis a versão 2.0.

Tiago Bôto e Wagner Borges

 

Criação e Interpretação TIAGO BÔTO e WAGNER BORGES

Dramaturgia TIAGO BÔTO e WAGNER BORGES, a partir de textos de vários autores

Participação em Vídeo FILIPA LEÃO

Fotografia de Cena ANA LOPES GOMES

Agradecimentos  SÃO JOSÉ CORREIA, JOSEFA LOPES DORROPIO, REINALDO BÔTO, ANTÓNIO JÚLIO, MARIA DE LURDES DORROPIO, TERESA BORGES, RUY MALHEIRO e MAFALDA ABREU

Apoios JUNTA DE FREGUESIA DA PENHA DE FRANÇA

logo fundo branco

 

 

Informações e reservas

Maiores de 16

Duração aproximada: 70′

 

Bilheteira>

Informações e reservas: bilheteira@ace-tb.com ou 222 089 007

Fotografias de Igor Allen